E

Erros a evitar na Fotografia de Garrafa de Vinho Tinto

Esta configuração de iluminação cria um Look clássico na fotografia da garrafa de vinho tinto.

erros fotografia garrafa vinho tinto - diagrama de luz - look clássico

O fundo é iluminado através de um difusor com recurso a uma softbox ou eventualmente uma panela.

Para iluminar a própria garrafa duas stripboxes (ou softboxes rectangulares) a 45º.

Diferentes variações podem ser criadas a partir desta configuração, mas ao longo desta publicação irei referir os erros que ocorrem ou podem ocorrer numa sessão fotográfica de uma garrafa de vinho tinto com esta configuração.

1 – Quebra da Iluminação no Ombro da Garrafa

erros fotografia garrafa vinho tinto - quebra da iluminação no ombro da garrafa - © Bruno Braumann

Esta quebra no Ombro da garrafa (zona entre o Pescoço e o Bojo (corpo) da garrafa) é dos erros mais frequentes. A luz reflectida pela softbox na garrafa deve ser contínua, evitando portanto que ocorra a quebra entre o Pescoço e o Bojo da garrafa e capturando assim a forma da garrafa na sua totalidade.

Não percebendo o motivo do porquê desta quebra ocorrer e de como a resolver, este erro irá sempre ocorrer em garrafas do tipo Bordalesa (modelo mais comum de garrafa de vinho encontrada no mercado) e do Porto que são formatos de garrafas com Ombros mais acentuados. Em garrafas com Ombros menos acentuados, como são os casos da Borgonhesa e da Renana, são mais fáceis de fotografar sem que ocorra este erro.

2 – Quebra da Iluminação na Base da Garrafa

erros fotografia garrafa vinho tinto - quebra de iluminação na base da garrafa - © Bruno Braumann

É um erro menos frequente, mas tal como no anterior a luz reflectida pela softbox na garrafa deve ser contínua, prolongando-se até à Base da garrafa.

Esta quebra resulta na escolha da superfície onde a garrafa está pousada. Não sendo possível proceder a uma troca da superfície ou sendo imperativo o seu uso é importante compreender o motivo desta quebra e/ou como a resolver.

Este erro será mais percetível quanto mais de cima para baixo fotografarmos.

3 – Perda de definição do contorno da garrafa

erros fotografia garrafa vinho tinto - perda de definição no contorno da garrafa - © Bruno Braumann

Na procura de garantir que o fundo fique uniformemente branco e na impossibilidade de haver distanciamento entre o fundo iluminado e a garrafa de vinho tinto, a luz criada ultrapassa os limites da garrafa e ocorre o que é designado por bleeding/sangramento e consequentemente, perda de definição do contorno da garrafa.

Esta questão é por vezes negligenciada, mas é importante garantir que a perda de definição do contorno da garrafa não ocorre.

4 – Reflexos Indesejados

erros fotografia garrafa vinho tinto - reflexos indesejados - © Bruno Braumann

Ao fotografar uma garrafa de vinho temos saber de controlar os reflexos pois a sua superfície irá reflectir cada janela, parede(s), a própria camera e luz ambiente ficam “impressas” no vidro da garrafa.

A capacidade de saber controlar/gerir estes reflexos é um ponto crucial no sucesso de fotografia de garrafas.

5 – Garrafa Torta/Inclinada

erros fotografia garrafa vinho tinto - garrafa torta/inclinada - © Bruno Braumann

É importante garantir no início da sessão fotográfica o correcto posicionamento/nivelamento tanto da garrafa como da camera. Não sendo possível, este problema é facilmente corrigido na fase de pós-produção.

6 – Iluminação inconsistente das características do rótulo

erros fotografia garrafa vinho tinto - iluminação inconsistente das características do rótulo - © Bruno Braumann

É comum/normal alguns rótulos possuírem elementos reflectivos como dourados e prateados e como tal devemos garantir que estas características são perceptiveis e uniformemente iluminadas.

 

Para o final deixei dois erros que poderão ser mais controversos, tendo em conta que várias garrafas são iluminadas desta forma, seja com recurso a stripboxes ou softboxes quadradas/rectangulares.

7 – Uso de softbox/reflectores do lado direito

erros fotografia garrafa vinho tinto - Uso da softbox do lado direito - © Bruno Braumann

A finalidade da softbox é dar forma e volumetria à garrafa e como tal não vejo a necessidade de introduzir uma nova softbox do lado direito. Somos suficientemente inteligentes para saber que garrafa de vinho é simétrica.

A parte mais iluminada da imagem atrai sempre mais atenção e esta deverá ser (quase) sempre do lado esquerdo pois no Ocidente é assim que lemos (da esquerda para a direita). Para outros mercados poderá ser importante iluminar apenas o lado direito.

O recurso de uma única fonte de luz dá também um aspecto mais limpo à garrafa.

8 – Iluminar directamente a garrafa de vinho

erros fotografia garrafa vinho tinto - diagrama de luz - look clássico

Eu defendo que uma garrafa de vinho tinto, devido às suas propriedades reflectoras, não deve ser iluminado directamente.

Esta iluminação directa, em que se vê claramente a forma dos modificadores cria linhas/formas demasiado demarcadas destacando-se mais do que a própria garrafa de vinho tinto que é, e deveria ser, o elemento principal.

Embora existam formas de minimizar os seus efeitos, este tipo de iluminação directa cria uma aparência pouco profissional.

Conclusões

A fotografia de garrafas e bebidas, embora possa à partida parecer simples, é na verdade um dos tipos mais complicados de fotografia de produto profissional, pois estamos a iluminar uma superfície extremamente reflectora.

Este tipo de fotografia de produto exige compreender o motivo do surgimento das questões levantadas anteriormente e de como as resolver.

Veja os motivos e como resolver a quebra de iluminação na Base e Ombro da garrafa.

 

Vejam também:

Como Fotografar Garrafa de Vinho Tinto em Fundo Branco

Como Fotografar Garrafa de Vinho Tinto em Fundo Preto